A pandemia acentuou as desigualdades sociais e revelou números alarmantes no nosso país: cerca de 60% das famílias brasileiras não têm acesso regular e permanente à alimentação, em quantidade e qualidade adequadas.


Doar alimentos é um ato capaz de salvar vidas.

A distribuição das cestas básicas será realizada nas 17 cidades de maior vulnerabilidade social nos estados do Amazonas, Rondônia e Mato Grosso. Para que os recursos cheguem às pessoas que mais necessitam, levamos em consideração dados como IDH municipal, índice de vulnerabilidade social e de extrema pobreza, e o impacto da pandemia nas localidades.

Agora é a hora de criarmos movimentos para garantir a dignidade humana


Essa ação está alinhada aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, propostos pela ONU, que pretende promover, até 2030, um mundo mais próspero e igualitário. A AMAGGI já é signatária dessas ações desde 2015, e vem pautando suas ações com base nessas diretrizes.


O ODS 2, Fome Zero e Agricultura Sustentável, utilizado nessa campanha, tem a seguinte premissa: "Acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável".

> Como funciona a Ação Emergencial 2021?

É uma ação realizada pela empresa AMAGGI, que destinou mais de R$ 11 milhões para a aquisição de aproximadamente 150 mil cestas de alimentos não perecíveis que atenderão famílias em 17 municípios nos estados do Amazonas, de Mato Grosso e Rondônia. Toda a ação será operacionalizada pela Fundação André e Lucia Maggi (FALM), responsável pelo Investimento Social Privado da AMAGGI. 

Para a distribuição das cestas, a FALM conta com a parceria do SESC, pelo Programa Mesa Brasil, que fará a distribuição para organizações sociais locais entregarem as cestas para famílias em situação de vulnerabilidade social cadastradas.


> Em quais municípios a Ação Emergencial será realizada?

Ariquemes (RO); Cerejeiras (RO); Confresa (MT); Cuiabá (MT); Diamantino (MT); Ipiranga do Norte (MT); Itacoatiara (AM); Itiquira (MT); Manaus (AM); Novo Horizonte (MT); Pontes e Lacerda (MT); Porto Velho (RO); Primavera do Leste (MT); Querência (MT); Rondonópolis (MT); São José do Xingu (MT); Vilhena (RO) e Várzea Grande (MT).

Confira aqui mais Perguntas e Respostas

Clique aqui e conheça as organizações selecionadas para o recebimento das cestas básicas nos municípios citados.

Empresa brasileira que atua em toda a cadeia de grãos e fibras, com sustentabilidade e respeito às comunidades.

Organização sem finalidade econômica, responsável pelo Investimento Social Privado da AMAGGI e que tem como missão contribuir para o desenvolvimento local e humano.

Acompanhe os resultados da campanha nas redes sociais da AMAGGI e FALM: